Artigo Atual (Edição nº 53)

>> "Fome do ouro e fama da obra. Antonio da Costa Peixoto e a “Obra Nova de Lingoa Geral de Mina. Alianças, proximidades e distâncias de um escritor português no Brasil colonial do século XVIII", por Fernando Araujo

Topo